Significado das Siglas de Computador (CPU, PC, CRT e mais)





Esse post é para aqueles que às vezes se deparam com algumas das siglas usadas na informática, para computadores e internet, e não fazem idéia do que elas significam. Confira uma lista com algumas siglas usadas no mundo da computação e da web:

– ADSL – Assimetric Digital Subscriber Line (Linha Digital Assimétrica para assinante) – é a tecnologia de acesso rápido das linhas telefônicas que é oferecida em várias cidades (a velocidade pode variar de acordo com o local).

– AGP – Acelerated Graphics Port (Porta Gráfica Acelerada) ou Advanced Graphics Port (Porta Gráfica Avançada) – é um barramento de dados (slot) extremamente rápido usado para conectar a placa de vídeo na placa mãe. (Esse padrão foi trocado por PCI-Express)

– AMD – Advanced Micro Devices (Microdispositivos Avançados) – é a fabricante de circuitos integrados, incluindo processadores usados em computadores (AMD K6-2, Turion, Sempron, Athlon entre outros)

– APM – Advanced Power Management (Gerenciamento Avançado de Energia) – controla diversos componentes do sistema com o intuito de poupar energia quando não estão sendo utilizados

– AT – Advanced Technoloy (Tecnologia Avançada) – nome do computador 286 lançado pela IBM em 1984

– ATX – Advanced Tecnology Extended (Tecnologia Avançada Extendida) – padrão de design para as placas e gabinetes modernos, podendo significar formato das placas mães, padrão de gabinetes e fonte de alimentação

– ASP – Active Server Pages (Servidor de Páginas Ativas) – linguagem de programação para a Internet criada pela Microsoft

– BBS – Bulletin Board Service (Boletins de Serviços) – era um computador ou aplicativo usado para serviços online muito antes de existir internet (World Wide Web), por volta de 1980 e início de 1990

– BIOS – Basic Input/Output System (Sistema Básico de Entrada/Saída) – primeira camada de software do sistema. Sua principal função é carregar o sistema operacional

– Blu-ray – Blu-ray Disc (Disco Blu-ray)- meio de armazenamento de dados high definition (de alta densidade), sendo o sucessor do DVD e capaz de armazenar muitos mais dados que o mesmo

– Boot (Inicialização) – sequência de operações que são executadas desde o momento em que você liga o computador, até ele estar pronto para uso

– CD - Compact Disk (Disco Compacto) –  meio de armazenamento de dados digitais

– CISC – Complex Instruction Set Computer (Computador com um Conjunto Complexo de Instruções) – são computadores que executam centenas de instruções complexas diferentes, como o 386 e o 486.

– CMOS – Complementary Metal Oxide Semiconductor (Semicondutor Metal-Óxido Complementar) – tecnologia usada na fabricação de circuitos integrados. Usa-se esse termo também com referência à uma determinada área de memória, o Setup, onde ficam guardadas informações sobre os periféricos instalados e a configuração inicial do computador, além do relógio e calendário.

– CPU – Central Processing Unit (Unidade Central de Processamento) – processador do computador

– CROSS FIRE – tecnologia criada pela AMD para usar até 4 placas de vídeo ao mesmo tempo, em paralelo

– CRT – Cathode Ray Tube (Tubos de Raios Catódicos) – como são chamados os monitores mais antigos para computador

– DDR – Double Data Rate (Taxa de Transferência Dobrada) – tipo de memória duas vezes mais rápida que as memórias SDRAM. Atualmente já existe DDR2, DDR3 etc.

– DIMM – Double Inline Memory Mode (Módulo de Memória em Linha Dupla) – um dos tipos de memória DRAM. Possuem esse nome pois têm terminais de contatos em ambos os lados do pente. São capazes de transmitir 64 bits por vez.

– DMA - Direct Memory Access (Acesso Direto à Memória) – é um recurso da placa mãe que permite que os periféricos acessem a memória RAM sem consumir poder de processamento do processador (CPU)

– DNS – Domain Name Service (Sistema de Nomes de Domínios) – é o que traduz os endereços de IP em nomes acessíveis, como por exemplo www.rainydays.rockerspace.net (se não fosse o DNS, as pessoas iriam ver um monte de números ao invés do nome)

– DOS – Disk Operating System (Sistema Operacional em Disco) – normalmente usado quando nos referimos ao MS-DOS (da Microsoft), mas pode ser usado quando se fala de outro sistema operacional

– DVD – Digital Video Disc (Disco Digital de Vídeo) ou Digital Versatile Disk (Disco Digital Versátil) – meio de armazenamento de dados digitais, podendo armazenar muito mais dados do que um CD

– ECP – Extended Capabilities Port (Porta com Aptidões Ampliadas) – padrão de porta utilizado por algumas impressoras, mais rápido que a EPP pois utiliza um canal de DMA, que faz com que a transmissão e recepção sejam feitas sem a intervenção do processador

– EDO RAM – Extended Data Output Dynamic Ramdom Access Memory (Memória de Acesso Aleatória com Saída Estendida de Dados) – memórias que vieram depois da tecnologia FPM, usada principalmente em computadores Pentium antigos.

– EPP – Enhanced Parallel Port (Porta Paralela Avançada) – padrão de porta paralela usada nas impressoras antes da ECP

– EULA – End User License Agreement (Acordo de Licença do Usuário Final) – contrato (licença) que a pessoa aceita ao instalar algum programa (software)

– FAQ – Frequently Asked Questions (Perguntas Frequentes) – perguntas mais comuns feitas sobre algum tema

– FAT – File Allocation Table (Tabela de Alocação de Ficheiros/Arquivos) – sistema de arquivos criado para o MS-DOS. Ele é um mapa da utilização do HD, que permite que o sistema operacional encontre exatamente onde um arquivo está armazenado

– FDD – Floppy Disk Drive (Drive de Disco Flexível) – drive de disquetes que é pouquíssimo utilizado hoje em dia

– FTP – File Transfer Protocol (Protocolo de Transferência de Arquivos) – forma rápida utilizada para transferir arquivos pela Internet

Publicidade Relacionada



– HDD – Hard Disk Drive (Disco Rígido) – mesma coisa que HD, é a parte do computador onde são armazenados os dados

– HTML - Hyper Text Markup Language (Linguagem de Marcação de Hipertexto) – linguagem de formatação de texto criada no início da Internet para criar páginas da web. É usada até hoje.

– HTTP – Hyper Text Transfer Protocol (Protocolo de Transferência de Hipertexto) – criado para transferir páginas HTML e, atualmente, é usado para outros tipos de arquivo também. A HTTP levou ao estabelecimento da WEB.

– IDE – Integrated Drive Electronics (Dispositivo Eletrônico Integrado) – interface padrão utilizada para conectar discos rígidos, CD-ROM e outros dispositivos no computador. Também pode significar Integrated Development Environment (Ambiente Integrado de Desenvolvimento), que é um programa de computador que reúne características e ferramentas para o desenvolvimento de software

– IP - Internet Protocol (Protocolo Internet) – endereço de cada servidor conectado à Internet

– IRQ – Interrupt Request Line (Pedido de Interrupção) – é um sinal que um dispositivo envia para o processador (CPU) qando quer transferir dados

– ISA – Industry Standard Architecture (Arquitetura de Padrão Industrial) – arquitetura de barramento desenvolvido para os micros 286 no começo dos anos 90. O ISA foi substituído pela arquitetura de barramento local PCI.

– ISDN – Integrated Services Digital Network (Rede Digital Integrada de Serviços) – rede digital de telefonia que permitia acessar a internet até 128kb

– LAN - Local Area Network (Rede de Área Local) – rede de computadores interligados por cabos

– LBA – Logical Block Addressing (Endereçamento de Bloco Lógico) – lançado para permitir que a BIOS reconhecesse HDs com mais de 528 MB

– MAC – Macintosh Computer – computador criado pela Apple em 1984

– MBR – Master Boot Record (Registro Mestre de Inicialização) – primeiro setor físico de um HD, onde ficam guardadas as informações sobre o sistema operacional instalado. Quando inicia o computador, o BIOS carrega o conteúdo MBR

– MP3 – MPEG Layer 3 – formato padrão dos arquivos de áudio que circulam na internet

– NTFS – New Technology File System – sistema de arquivos usado pelo Windows NT e seus derivados (2000, XP, Vista, 7 etc)

– OS – Operational System (Sistema Operacional) – sistema operacional instalado no seu computador (Windows, Linux, Mac OS X etc)

– PC – Personal Computer (Computador Pessoal) – lançado pela IBM em 1981 e até hoje comercializado pelas mais variadas marcas

– PCI – Peripheral Component Interconnect (Interconector de Componentes Periféricos) – é um elemento que permite conectar algum periférico em um computador

– PnP – Plug and Play (Ligar e Usar) – um tipo de conexão que permite conectar periféricos (como USB) sem a necessidade de desligar o computador

– RAM - Ramdom Access Memory (Memória de Acesso Aleatório) – memória mais usada dos computadores pois serve para manter programas enquanto estão sendo executados, além dos dados que estão sendo processados

– RIMM – Rambus Inline Memory Mode (Memória Rambus) – padrão de memória ultra rápido desenvolvido pela Rambus Inc

– RISC - Reduced Instruction Set Computer (Computador com um Conjunto Reduzido de Instruções) – linha de arquitetura de computadores que são capazes de executar poucas instruções diferentes, mas em compensação são muito rápidos

– ROM – Read Only Memory (Memória Somente para Leitura) – usada para programas que não serão alterados e que poderão ser utilizados após o computador ser desligado, como o BIOS

– SCSI- Small Computer System Interface (Pequena Interface de Sistema de Computador) – padrão de barramento para a conexão de diversos dispositivos como discos rígidos, CD-ROMs, scanners, impressoras etc

– SIMM – Single Inline Memory Mode – módulo de memória contendo RAM usada em computadores do início de 1980 até fim de 1990

– SVGA – Super Video Graphics Array (Super VGA) – denominação genérica para monitores que suportam resoluções superiores a 640 x 480 e mais de 256 cores

– TCP/IP – Transmission Control Protocol/Internet Protocol (Protocolo de Controle de Transmissão/Protocolo Internet) – conjunto de dados que orientam as informações à serem transmitidas pela internet

– TSR – Terminate and Stay Resident – técnica de programação para o DOS

– URL – Uniform Resource Locator (Localizador-Padrão de Recursos) – endereço de uma página de internet

– USB – Universal Serial Bus – tipo de conexão “plug and play” (ligar e usar) usado por vários tipos de dispositivos

significado de siglas usadas para computador e internet

– VLB – Vesa Logical Bus – padrão de barramento que veio depois do ISA mas antes do PCI e foi criado pela VESA (Video Electronics Standards Association)

– WAP – Wireless Application Protocol (Protocolo para Aplicações sem Fio) – sistema desenvolvido para comunicação e transferência de dados em dispositivos sem fio, como palmtops e celulares

– WWW – World Wide Web (Rede de alcance mundial) – a internet como você a conhece