Tirando Dúvidas sobre Seguro Desemprego



O Que é o Seguro Desemprego? – Como receber o Seguro-Desemprego?

Está desempregado e nem sabia que existia Seguro-Desemprego? Confira agora algumas dicas sobre o Seguro-Desemprego.

– O que é o Seguro-Desemprego?

É uma assistência financeira temporária dada pelo Governo ao trabalhador desempregado.

– Quem tem direito ao Seguro-Desemprego?

O trabalhador que:

  • tiver sido dispensado sem justa causa;
  • estiver desempregado, quando do requerimento do benefício;
  • tiver recebido salários consecutivos, no período de 18 meses anteriores à data de demissão (primeira solicitação);
  • tiver recebido salários de pessoa jurídica ou pessoa física equiparada à jurídica, no período de 6 meses consecutivos, imediatamente anteriores à data de dispensa;
  • não possuir renda própria para o seu sustento e de sua família;
  • não estiver recebendo benefício de prestação continuada da Previdência Social, exceto pensão por morte ou auxílio-acidente

– Quando tempo o trabalhador tem para requerer o Seguro-Desemprego?

O trabalhador formal tem do 7º ao 120º dia após a data da demissão do emprego, para fazer o requerimento. Já o empregado doméstico tem do 7º ao 90º dia, contados da data da dispensa.

– O que mudou com a medida provisória?

Ao solicitar o benefício pela primeira vez o trabalhador deverá ter trabalhado por 18 meses nos 24 meses anteriores. Já na segunda solicitação ele terá de ter trabalhado por 12 meses nos 16 meses anteriores e, a partir da terceira solicitação, terá de ter trabalhado, pelo menos, por seis meses ininterruptos nos 16 meses anteriores.

Publicidade Relacionada



E na primeira solicitação, o trabalhador poderá receber quatro parcelas se tiver trabalhado entre 18 e 23 meses (nos 36 meses anteriores) ou poderá receber cinco parcelas se tiver trabalhado a partir de 24 meses (nos 36 meses anteriores). Já na segunda solicitação, ele poderá receber quatro parcelas se tiver trabalhado entre 12 e 24 meses (nos 36 meses anteriores).

E na terceira solicitação vale a regra antiga, três parcelas para quem trabalhou entre 6 e 11 meses (nos 36 meses anteriores), quatro parcelas para quem trabalhou entre 12 e 23 meses (nos 36 meses anteriores) e, cinco parcelas paraquem trabalhou por, pelo menos, 24 meses (nos 36 meses anteriores).

– Onde o trabalhador pode requerer o Seguro-Desemprego?

São três lugares para fazer o pedido:

  • Delegacias Regionais do Trabalho (DRT)
  • Sistema Nacional de Emprego (SINE)
  • agências credenciadas da CAIXA (para o trabalhador formal)

– Como o trabahador deve fazer para requerer o Seguro-Desemprego?

Deve comparecer a um dos locais citados acima levando os seguintes documentos:

  • comunicação de dispensa – requerimento do seguro-desemprego SD/CD (02 (duas) vias – verde e marrom)
  • termo de rescisão do contrato de trabalho – TRCT
  • carteira de trabalho
  • carteira de identidade ou certidão de nascimento ou certidão de casamento com protocolo de requerimento da carteira de identidade,ou carteira nacional de habilitação – CNH (modelo novo), dentro do prazo de validade, ou passaporte, ou certificado de reservista
  • comprovante de inscrição no PIS/PASEP
  • documento de levantamento dos depósitos no FGTS ou extrato comprobatório dos depósitos
  • cadastro de pessoa física – CPF
  • comprovante dos 2 últimos contracheques ou recibos de pagamento para o trabalhador formal (não é documentação obrigatória)

– Existem outros tipos de Seguro-Desemprego?

Existem os seguintes:

  • Seguro-Desemprego para Pescador Artesanal (assistência financeira temporária concedida ao pescador profissional que exerça sua atividade de forma artesanal, individualmente ou em regime de economia familiar)
  • Seguro-Desemprego – Empregado Doméstico (auxílio temporárioconcedido ao empregado doméstico desempregado, inscrito no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – FGTS, que tenha sido dispensado sem justa causa
  • Seguro-Desemprego – Empregado Resgatado (auxílio temporário concedido ao trabalhador desempregado em virtude de dispensa sem justa causa, inclusive a indireta, e ao trabalhador comprovadamente resgatado de regime de trabalho forçado ou da condição análoga à de escravo)

Para mais informações sobre essas três modalidades entre aqui.

(Fontes Site da CAIXA e MTE)







Clique aqui para cadastrar seu e-mail e receber as novidades do site por e-mail grátis

Comentários

  1. Flávia disse

    Fui demitida sem justa causa no dia 11/04/14. Consegui um trabalho temporário no dia 02/06 e ainda não dei entrada no seguro. Caso eu peça para sair do emprego temporário antes de completar os 90 dias eu ainda consigo dar entrada ou a empresa precisaria me demitir até qual data para que eu ainda tenha o direito?

    • RainyDays disse

      Oi Flávia

      Não tenho certeza sobre isso.
      Dando uma lida pela internet encontrei alguns sites falando que a pessoa ainda teria direito sim, desde que não tenha passado o prazo de 90 dias/120 dias da demissão.

      Abs

  2. daniela disse

    eu trabalhei 11 meses .e a um ano atras
    3 neses eles juntam o tempo e quantas parcelas sao?

  3. Wagner disse

    Olá dei entrada no meu seguro desemprego minha primeira parcela é dia 19/06/2014 só que eu fiz um bico de 4 dias em uma empresa foi só contrato mais pegaram o número da carteira de trabalho eu perco meu seguro desemprego?

    • RainyDays disse

      Oi Wagner

      Se eles registraram na carteira de trabalho então você perde o direito ao seguro desemprego. Tem que saber se eles registraram mesmo ou não.

      Abs

  4. Amanda disse

    Tenho uma duvida, trabalhei 04 e 06 meses em uma empresa fui dispensada sem justa causa, e antes de homologar e receber FGTS e dar entrada na parcela arrumei um “bico” era só contrato mas tinha o num da carteira de trabalho no contrato eu perco o direito do seguro desemprego???

    • RainyDays disse

      Oi Amanda
      No seu caso não tenho certeza sobre seu caso. Normalmente quando a pessoa arruma outro trabalho com carteira assinada, perde o direito, mas como o seu não era carteira assinada, era só contrato, pode ser que não seja a mesma regra. No telefone do Caixa Cidadão 0800 726 0207, poderão informar corretamente sobre essa sua dúvida.
      Abs

  5. Eduardo verling disse

    Boa tarde. Eu tenho uma parcelo do seguro a receber no dia 07/06. Mas tenho em vista um emprego que quer assinar minha carteira no dia 02/06. Nessas condições, eu ainda teria o direito a receber essa parcela do dia 07/06 ?

    • RainyDays disse

      Oi Eduardo
      Não, se você assinar um novo contrato antes da última parcela, perderá o direito à ela.
      Abs

  6. Demetrius Faria disse

    Boa Noite,

    Até quanto tempo após concedido o seguro desemprego que eu posso sacar o dinheiro?? Os bancos em minha cidade estão em greve e eu não consegui sacar a primeira parcela. O dia de cair a segunda parcela ja está chegando e eu queria saber se os valores vão acumular ou se eu perco alguma coisa.

    Obrigado!

    • RainyDays disse

      Oi Demetrius

      Não tenho certeza se acumula ou não. Algumas pessoas falam que a pessoa pode deixar juntar todas as parcelas e sacar no final, mas outras falam que não pode. O melhor é dar uma ligada para o 0800 726 0207, que é o telefone de informações gerais sobre o Seguro Desemprego, eles poderão informar corretamente.

      Abs

  7. disse

    Velho, fui consultar a minha primeira parcela do seguro e aparece a msg: a sua próxima parcela já está disponível….como se eu não saquei a primeira…deve ser alguma bronca…o data é amanhã e com certeza não deve haver nada lá…é aquele jogo de empurra empurra…vc sabe alguma coisa sobre esses problema…grato

    • RainyDays disse

      Oi Derivaldo

      Quando aparece essa mensagem significa que o recebimento nas agências da Caixa ou Casas Lotéricas já pode ser efetuado. Não importa que é a primeira, ele sempre colocam a mensagem “A sua próxima parcela já está disponível”.

      Abs

  8. Marcello Silva disse

    Olá , olha só eu fui demitido em janeiro mas o mau patrão alegou que não tinha como pagar os meus tempos ai levei pra justiça , em março foi a aldiência depois disso eu dei entrada no seguro no dia 31 de março só que deu aguardando comfirmação , fui em tres lurars pra resolver isso que me mandaram , e até hoje o meu seguro esta aguardando liberação , estou cinco meses em casa e não quero mais ficar parado tenho um trabalho em vista de carteira assinada , eu queria saber se quando liberar o meu seguro eu vou poder pegar ele todo por que fui demitido em janeiro e agora maio praticamente deu os 5 meses ou vou pegar só duas por que eu dei entrana no fim de março ?

    • RainyDays disse

      Oi Marcello

      Acredito que quando o seguro for liberado você irá receber o que falaram que você tem direito. Esses meses que ainda está aguardando liberação não contam como se tivesse recebendo.
      Agora se você aceitar novo emprego de carteira assinada, provavelmente perde o direito ao seguro.

      Abs

  9. luiz carlos a pinheiro disse

    ja estou a 8 meses desempregado , recebi as cinco parcelas .
    tenho como requerer outra ves do seguro . si tenho qual o procedimento ,
    se nao tenho fica aqui meu protesto.
    melhor e roubar ou matar essas pessoas quando pressa , a familia dos mesmo
    tem direito de receber um beneficio para familia pq estao pressos.
    isso o gorveno encetiva .

    deveriamos fazer um abaixo assinado pelo brasil nas rede sociais
    para mudar essas duas leis incompativel com a realidade do nosso pais.
    quem sabe algum deputado federal abrace nosso cuasa.

    • RainyDays disse

      Oi Luiz Carlos
      Que eu saiba, depois que passaram os 5 meses, acabou, não tem mais como receber.

      “Portanto, trata-se de um direito pessoal e intransferível do trabalhador, o qual será concedido por um período mínimo de 3 (três) meses e máximo de 5 (cinco) meses, dependendo do tempo de serviço do trabalhador nos 36 (trinta e seis) meses que antecederam a data de dispensa que deu origem ao requerimento do seguro-desemprego.”

      Abs

  10. Márcio F disse

    Bom dia, trabalhei por 18 meses em uma empresa e ela acabou fechando assim como eu todos os funcionários foram demitidos sem justa causa (09-11-2013) não entrei com o pedido do seguro desemprego… dia 25/11/2013 eu entrei em uma nova empresa em regime de experiencia (mas na carteira não diz nada discriminando que era ou não experiencia), não fechei os 90 dias sai dia 11/02/2014 os 120 dias da minha demissão fecham dia 09/03/2014 eu tenho direito a requerer? mesmo eu tendo trabalhado em outro lugar como experiencia? desde já agradeço.

    • RainyDays disse

      Oi Márcio
      Se registrou na carteira de trabalho esse novo emprego, então você provavelmente não vai ter direito. Mesmo que tenha sido experiência, uma vez registrado na carteira, a pessoa perde o direito.
      Para ter certeza sobre essa informação ligue para o telefone 0800 726 0207, é o telefone oficial do Ministério do Trabalho que dá informações sobre Seguro Desemprego.
      Abs

  11. ANA GONÇALVES disse

    ME AJUDE, POR FAVOR!

    FUI DEMITIDA EM 11/09/13. SÓ CONSEGUI DAR ENTRADA NO SEGURO DESEMPREGO EM 09/12/13 (TRÊS MESES DEPOIS). A PRIMEIRA PARCELA SAIU NA DATA DE 08/01/14; A SEGUNDA EM 07/02/14. PASSEI NUM CONCURSO PÚBLICO E PEDIRAM PRA EU ASSINAR UM DOCUMENTO AFIRMANDO QUE EU, A PARTIR DA DATA DE 14/02/14 (DATA DO EFETIVO EXERCÍCIO), NÃO SERIA BENEFICIÁRIA DO SEGURO DESEMPREGO. PERGUNTA: TENHO DIREITO DE RECEBER O RESTANTE DAS PARCELAS, DEVIDO EU TER DADO ENTRADA NO SEGURO BEM DEPOIS DA DATA DE DEMISSÃO?

    • RainyDays disse

      Oi Ana
      Infelizmente acredito que você não tenha como receber essas parcelas anteriores.
      O que você pode fazer é ligar para o Caixa Cidadão no telefone 0800-726-0207, eles poderão informar corretamente se você pode ou não requerer essas parcelas.
      Abs

      • ANA GONÇALVES disse

        Dá uma lida nesta matéria.

        Um direito que poucas pessoas têm ciência ao ficarem desempregadas é que todo trabalhador pode continuar recebendo o beneficio do seguro desemprego mesmo se for novamente empregado antes do fim do pagamento das parcelas. Segundo o supervisor do Programa Seguro Desemprego do CAT (Centro de Atendimento ao Trabalhador), Valdecy Pereira, desconhecer as regras do benefício é umas das razões que levam muitas pessoas a recusarem oportunidades e entrevistas para novos trabalhos, pois eles acreditam que, com a carteira novamente assinada, perderão o restante do seguro.

        Ele explica que esse direito existe porque o Estado reconhece que os meses que o trabalhador ficou desempregado devem ser recompensados, mesmo se ele conseguir uma nova oportunidade. O supervisor lembra ainda que os munícipes são informados do funcionamento do benefício assim que dão entrada no seguro, além de receberem um comprovante com as datas de depósito das parcelas, que são distribuídas da seguinte forma:

        – 30 dias de desemprego – 1 parcela
        – 45 dias de desemprego – 2 parcelas
        – 75 dias de desemprego – 3 parcelas
        – 105 dias de desemprego – 4 parcelas
        – 135 dias de desemprego – 5 parcelas

        Para habilitar o seguro, o trabalhador deve procurar uma unidade do CAT portando os seguintes documentos: requerimento do Seguro-Desemprego (duas vias – verde e marrom); cartão do PIS-PASEP, extrato atualizado ou Cartão do Cidadão; Carteira de Trabalho e Previdência Social- CTPS; TCRT – Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho, devidamente quitado; Documentos de Identificação – carteira de identidade, certidão de nascimento, certidão de casamento com o protocolo de requerimento da identidade (somente para recepção), carteira nacional de habilitação (modelo novo), carteira de trabalho (modelo novo), passaporte ou certificado de reservista; 3 últimos contracheques dos 3 meses anteriores ao mês de demissão e documento de levantamento dos depósitos do FGTS – Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, extrato comprobatório dos depósitos, relatório da fiscalização ou documento judicial (Certidão das Comissões de Conciliação Prévia / Núcleos Intersindicais / Sentença / Certidão da Justiça).

        Só não tem direito ao beneficio o trabalhador que estiver a menos de um mês desempregado, solicitou o direito mais de anos após a data de demissão ou recebeu outro seguro desemprego em menos de 16 meses.

  12. Patricia disse

    Oi preciso de ajuda!!
    Dei entrada no meu primeiro seguro desemprego fui no poupa tempo como a empresa me recomendou no dia 16/01 mais o poupa tempo disse que eu tinha que ir no ministério do trabalho fazer uma liberação fui no dia 29/01 em qual das datas vai sair o meu seguro no próximo dia 16 ou no 28??

    • RainyDays disse

      Oi Patrícia

      Não temos como confirmar para você, pois cada caso é um caso. O melhor seria você falar com alguém do Poupa Tempo, talvez eles possam informar corretamente. Ou então tente sacar o dinheiro dia 16 se não sair, tente no dia 28.

      Abs

  13. disse

    Oi Yasmin
    Acho que atualmente é isso mesmo, se a pessoa recusa o emprego perde o direito ao seguro.
    Mas ligue para o Caixa Cidadão no telefone 0800-726-0207 que eles poderão informar corretamente, talvez você possa escolher outro emprego.

  14. disse

    fui dar entrada no seguro em uma agencia sine ai me encaminharam pra um outro emprego mas eu nao quero mais trabalhar nesta profissão. eu posso recusar o emprego ? me falaram que se eu recusar perco o seguro???

  15. disse

    Rainy Days O que mais me deixa frustada é que eles que deveriam passar informações, não o fazem muito pelo contrario, nos tratam como se não existissimos ali naquele momento.
    Temos que recorrer, a pessoas assim como vc que gentilmente fazem o que na verdade é o trabalho deles!!!

  16. disse

    Rainy Days Obrigada pela ajuda consegui falar no telefone que me passou, me informaram para comparecer novamente ao poupa tempo. Nunca precisei pedir o seguro desemprego, não teria motivos para ter esse motivo dos 16 meses :(

  17. disse

    Taili Monique Matiello
    O problema de estar demorando a sair não é culpa desse período aquisitivo, pois se eles escreveram na sua solicitação que "não gerou período aquisitivo" é por que eles sabem que você não recebeu seguro nos últimos 16 meses. Então o problema deve ser outra coisa…

  18. disse

    Taili Monique Matiello
    Parece que esse período aquisitivo é o período de carência de 16 meses, ou seja, a pessoa só pode receber seguro desemprego uma vez a cada 16 meses.
    "CARÊNCIA PARA REQUERER O BENEFÍCIO – SEGURO-DESEMPREGO Entre um recebimento do seguro desemprego e outro o trabalhador deverá cumprir um período aquisitivo de 16 meses. ART. 4º Lei nº 7.998 DOU 12-1-90 O período aquisitivo é contado a partir da última rescisão que gerou seguro-desemprego. Assim, a partir da data da última dispensa que habilitar o trabalhador a receber o Seguro-Desemprego, deve-se contar os dezesseis meses que compõem o período aquisitivo. Apenas após estes 16 meses o trabalhador terá direito a receber novas parcelas de seguro-desemprego."

  19. disse

    Rainy Days Número do PIS-PASEP:————————–

    Nome: TAILI MONIQUE MATIELLO

    Situação: Notificado

    Tempo de Serviço: 34 meses

    Motivo: Requerimento Anterior não gerou período aquisitivo
    Procedimento:

    Prezado Sr(a).
    Por gentileza procure um posto do SINE ou conveniado o qual fez o seu cadastro para ações de emprego e solicite seu histórico e em seguida dirija-se a um Posto do Ministério do Trabalho e Emprego com a seguinte documentação:

    -Carteira de Trabalho;
    -Formulário do Seguro-Desemprego (via marrom);
    -Rescisão do Contrato de Trabalho;
    -Histórico do trabalhador fornecido pelo SINE.

  20. disse

    Rainy Days muito obrigada pelo auxilio, estou aguardando no celular nada mais nada menos que 32 minutos por este telefone da Caixa Cidadão. No site do MTE diz que não gera periodo aquisitivo, estou frustada, dividas acumulando e por conta deste ultimo serviço não consigo emprego ta bem complicado… No poupa tempo foram super atenciosos, agora chegando lá no ministério do Trabalho mal te olham, muito menos te informar, falam apenas para aguardar já não sei mais o que fazer :(

  21. disse

    Oi Taili
    Pelo que você falou parece que teria direito sim, mas deve ter algum problema para estarem demorando tanto a autorizar o seguro. Não tenho como confirmar para você o que é, pois não temos nenhum vínculo com a Caixa. Já tentou ligar para o Caixa Cidadão no telefone 0800-726-0207? Pode ser que eles possam informar melhor qual o problema que está acontecendo.

  22. disse

    Por gentileza, peço encaressídamente que me tirem uma uma dúvida.
    Trabalhei por quase três anos, com CTPS registrada tudo certinho. Dia 20/08 fui demitida sem justa causa em Seguida fui contratada por uma empresa porém não me passaram na experiência sendo demitida sem justa causa no dia 09/10. Consegui sacar meu fgts tudo corretamente após claro a greve de quase 1 mês da Caixa, e dei entrada no meu seguro desemprego normalmente no Posto do Poupa Tempo dia 16/10, do qual tive de ir duas vezes por conta no último trabalho, pois primeiro deveria dar baixa em um em seguida do outro. Logo em seguida fui orientada, a ir no ministério do Trabalho, no caso chegando lá não me informaram o que estava acontecendo, só disseram que encaminharam um e-mail pra Brasilia que estava tudo lançado corretamente.
    Achando estranho, busquei saber sobre o seguro e consultando na internet, percebi que meu seguro dava como se não tivesse gerado período aquisitivo, solicitando que eu fosse no ministério do trabalho, mesmo cumprindo este procedimento.
    Já deu mais de um mês que dei entrada no mesmo, já compareci duas vezes no ministério do trabalho do Carrão, a resposta sempre é a mesma que estão encaminhando um e-mail pra Brasilia, o atendente chegou a dizer que tenho SIM o direito, mas não é pra CONTAR.
    Estou em desespero, já fui em mais de 8 entrevistas e nada, não tenho renda, estou desempregada, e é um direito que eu tenho. Quero providências, não sei onde recorrer. Por favor me instruam!

  23. disse

    Oi Paulo Ricardo Gusmao da Silva
    Acho que você não terá direito não, pois teria que ter trabalhado 6 meses consecutivos, como você saiu de uma empresa e só depois de 2 meses entrou em outra e só trabalho 4 meses nela, você não recbeu salários consecutivos no período de 6 meses anteriores a data de demissão.
    Para ter certeza, entre em contato com o CAIXA Cidadão no telefone 0800 726 0207, eles poderão informar corretamente sobre o seu caso.

  24. disse

    Oi Herica
    Acredito que o governo não tenha como remover o dinheiro da sua conta. Mas o seguro desemprego não cai direto na conta do cidadão. Do site da CAIXA: o "dinheiro pode ser retirado em qualquer agência da CAIXA, nos Correspondentes CAIXA AQUI, nas Unidades Lotéricas ou nos terminais de autoatendimento".

  25. disse

    Oi Evelyn
    Acredito que se você assinou carteira com a segunda empresa, perdeu automaticamente o direito ao seguro desemprego. Mas para ter certeza ligue para o Caixa Cidadão o telefone é 0800 726 0207, eles poderão informar melhor.

  26. disse

    Bom dia,

    Gostaria de Saber se um funcionário saiu de uma empresa na qual trabalhava durante 1 ano e meio e em seguida entrou em outra empresa. o funcionário pedindo desligamento dessa segunda empresa ele pode requerer o seguro da empresa anterior?
    ou ele perde os direitos ?

  27. disse

    Oi Roots Fabio
    Uma vez que você fez contrato temporário, acredito que tenha perdido o direito de receber as parcelas restantes. Talvez se você não tivesse assinado um novo contrato teria direito, mas agora acho que não tem não.
    Para ter certeza tente entrar em contato com a CAIXA (0800 726 0101), eles poderão informar corretamente.

  28. disse

    No caso de um funcionário ter trabalhado durante 2 anos em uma empresa, foi demitido sem justa causa em 01/04/2013, requereu o seguro desemprego, sacou 2 parcelas e em 06/06/2013 foi contratado por outra empresa em regime de experiência por 90 dias (teve o benefício suspenso), o contrato de experiência termina no dia 15/09/2013 e a empresa não vai continuar com o funcionário. Neste caso o funcionário tem direito à receber as 3 parcelas restantes do seguro desemprego referentes ao emprego anterior?

  29. disse

    Oi Elaine
    Acho que o valor não aparece mesmo não, a parcela já deve estar disponível sim. Tente ir em uma casa lotérica para sacar, ai você vai saber se já entrou ou não.

  30. josenilza disse

    recebi as 3 parcelas normais de 6 mese em carteira agora tenho 8 meses em outra empresa sera que já posso pegar o seguro de novo se caso for mandada em bora/ a ultima parcela foi em dezembro e a outra empresa assinou a minha carteira em dezembro mesmo sera que tenho direito

    • disse

      Oi Josenilza
      Não tenho certeza sobre o seu caso. O melhor é ligar para o Caixa Cidadão para tirar sua dúvida, é um telefone exclusivo para esses casos. O número de telefone é:

      “CAIXA CIDADÃO
      0800 726 0207
      Para atendimento referente a PIS, Benefícios Sociais, FGTS, Cartão Social e Resultado de Loterias. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira de 8h as 22h e aos sábados de 10h as 16h, aceitando chamadas originadas de telefones fixos e móveis. O serviço de consulta eletrônica está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana.”

      A ligação é gratuita.

  31. Ana disse

    Trabalhei 1 meses e meio em uma empresa, e mais 5 meses em outra, tenho direito ao seguro desemprego?

    A empresa é obrigada a pagar o seguro mesmo trabalhando 1 meses e meio em uma empresa e mais 5 meses na atual?

    • disse

      Oi Ana
      Acredito que você tenha direito sim, se tiver trabalhado de maneira consecutiva, ou seja, “recebimento consecutivo de salários nos últimos 6 meses”.
      Pelo site da CAIXA, a legislação não restringe que seja no mesmo empregador.

  32. SUELLEN disse

    EU FUI MANDADA EMBORA DA EMPRESA EM KE TRABALHAVA EU TENHO DIREITO AO SEGURO,SENDO A EMPRESA TERCERIZADA EU COMTRATADA ??

    • disse

      Oi Suellen
      Se você tinha registro em carteira, acredito que tenha direito sim. Mas tem que ser contrato registrado em carteira, e tem que ter trabalhado pelo menos 6 meses na empresa.

  33. PRIS disse

    EU TRABALHO EM UMA EMPRESA QUE ESTOU 1 E 2 MESES ,MAIS ESTA EMPRESA NUNCA DEPOSITOU FGTS SENDO QUE TODO MES VEM DESCONTADO EM FOLHA, E TODOS QUE SAI DESTA NÃO RECEBE NADA O QUE EU POSSO FAZER PARA RECEBER O FUNDO E O SEGURO DESEMPREGO SE EU FOR DESLIGADA

  34. disse

    Oi José
    Acredito que sim, quem trabalha pelo menos 6 meses com carteira assinada, tem direito ao seguro desemprego. Agora sobre a parcela, isso será calculado na hora, não tem como lhe informar aqui.

  35. Wallyson Bboy Facebook disse

    so recebe o seguro com o cartao cidadao? mesmo sendo a primeira via?

  36. Gulherme disse

    Fui funcionário em uma clinica médica durante dez anos.Meu primeiro emprego de carteira assinada, ou seja esta clinica que efetuou o meu cadastro no pis.Todos os depositos referente ao FGTS foram feitos, mas quado foi desligado da empresa, homologado no sindicato, seguindo todos os trâmites exigidos para tal, saquei o mesmo contudo tive o meu seguro desemprego negado pelo MTE.

    Pergunto.Está correto? Só porque fui cadastrada por uma pessoa física no pis não terei direito ao seguro desemprego?

    Sacanagem!!!!

  37. rainydayss disse

    Acredito que possa sim, mas não tenho certeza.
    O melhor é perguntar em alguma CAIXA no Estado em que você está.

  38. carla pontes disse

    ola meu nome é carla trabalhei durante 3 anos em uma empresa , sai em 01 de fevereiro , porem voltei a trabslhar em 05 de março; estou nessa empresa a uma semana e não desejo mais continuar lá ; tenho como voltar a receber meu seguro desemprego ? obrigada

    • rainydayss disse

      Oi Carla
      Acho que você perdeu o direito assim que seu novo trabalho assinou a carteira. Agora só terá direito novamente se trabalhar 6 meses nesse novo emprego.
      Para ter certeza, ligue para a CAIXA no telefone:
      0800 726 0101
      Abs

  39. rainydayss disse

    Acredito que não tenha não, pois o seguro desemprego é para quem trabalhou 6 meses na mesma empresa. Não pode ser em empresas diferentes.
    O melhor a fazer é entrar em contato com alguém da CAIXA para tirar essa dúvida corretamente.

  40. Anônimo disse

    Quando a pessoa volta a trabalhar ela perde o direito ao seguro desemprego, não tem jeito.
    Abs

  41. Anônimo disse

    Se você recebeu seis meses de salário consecutivos antes de ser demitida, então provavelmente tem direito ao seguro desemprego.
    Abs

  42. Anderson disse

    Oi tenho uma duvida. foi demitido de uma empresa estava recendo a 3 parcela de 5 do seguro desemprego.nessa 3 parcela comecei a trabalhar em uma outra empresa dai as duas parcelas do seguro foi retido sendo que só passei 3 meses nessa que eu tinha entrada. tem como eu voltar a receber as duas parcelas que ficou? que não estou mais trabalhando? obrigado pela atenção. Anderson

    • Anônimo disse

      Oi Anderson
      Acredito que não possa não. Pois quando a pessoa volta a trabalhar o seguro é suspenso automaticamente.
      Abs

  43. Alan Gellaranjeiras disse

    tenho 3 anos que trabalhei em uma empresa e fui dispensado . mas, nao tirei o seguro pois ja comecei em outra empresa a trabalhar . quero saber se eu pedi conta agora nessa nova empresa eu perco os 3 anos anteriores

  44. Lineker_22 disse

    Lineker

    gostaria de saber ser a caixa economica ainda continua trabalhando com o sistema de entrada de seguro desemprego ?
    obrigado pela atenção !!!

    • Anônimo disse

      Sim. Você pode dar entrada no seguro desemprego nas
      Delegacias Regionais do Trabalho (DRT), Sistema Nacional de Emprego (SINE) ou agências credenciadas da CAIXA (não são todas, tem que verificar quais são as agências credenciadas para esse serviço).
      Abs

  45. Carllosroberto05 disse

    Dei baixa em minha carteira em 01/06/2010 recebi as 05 parcelas do seguro e estava empregado a 07 meses e fui dispesado em16/01/2012 eu teria direiro ao seguro.

  46. Anônimo disse

    Oi Teresinha
    Acredito que o que vale é o seu último emprego, o de 3 meses, mas como só pode pedir seguro desemprego depois de 6 meses, não sei se você terá direito.
    Para ter certeza sobre isso ligue para a Central de Atendimento Alô Trabalho do Mnisitério do Trabalho, no telefone 0800 610101 (é gratuito).
    Abs

  47. Edmilson disse

    gostaria ter uma informação aonde posso recorrer os meus direito do meu seguro desemprego quando a questão e, não saiu as passelas que era para sair.

    eu trabalhei 2, anos e só recibir trés passelas.

    • jocilene disse

      ola
      eu rabalhei 15 meses, entrei em acordo com a empresa, dei entrada no meu seguro dia 05/09, mas por motivos que eu estava cobrando o deposito do fgts que meu padrao não havia depositado, ele ficou com raiva e disse que iria mudar o motivo da minha dispensa da empresa, mesmo eu tendo dando entrada posso perder meu seguro?

      • disse

        OI Jocilene
        Acho que se ele modificar o motivo da dispensa para justa causa você pode perder o seguro, mas não tenho certeza.

        De der ligue para o número 0800 726 0207 que é o telefone de atendimento da Caixa para o Seguro Desemprego, eles poderão informar melhor.

  48. Marcelo disse

    TENTEI SACAR MEU SEGURO DESEMPREGO E RECEBI A MENSAGEM : DADOS CADASTRAIS INVALIDOS .O QUE TENHO QUE FAZER PARA CONSEGUIR SACAR MEU SEGURO? O RAPAZ NO BANCO DISSE QUE PRECISO IR NO MINISTERIO DO TRABALHO. MAS, QUAIS DOCUMENTOS NECESSARIOS PARA LEVAR PRA LA?

  49. camila disse

    ja dei entrada no seguro desemprego mais ainda não recebi nenhuma parcela e to com um trabalho em vista se eu não receber essas parcelas e trabalha nessa firma que pretendo entrar por mais uns 1 ano e meio quando for mandado embora e tiver que receber parcelas do seguro recebo só essas tres que ficaram para tras ou recebo 5 como de direito

  50. priscila disse

    TENTEI SACAR MEU SEGURO DESEMPREGO E RECEBI A MENSAGEM : DADOS CADASTRAIS INVALIDOS .O QUE TENHO QUE FAZER PARA CONSEGUIR SACAR MEU SEGURO?SERA QUE TENHO QUE AO MINISTERIO DO TRABALHO OUTRA VEZ?

  51. antomio Mesquita disse

    Quero saber, se acabando de receber o seguro desemprego por lei, a pessoa tem direito de requerer outro, quanto tempo depois.

    • RainyDays disse

      De acordo com o site do Governo (Ministério do Trabalho), você só pode requerer o seguro desemprego depois de trabalhar 6 meses na mesma empresa.
      Se você for mandado embora de uma empresa e entrar em outra logo em seguida, só poderá requerer seguro desemprego se tiver trabalhado no mínimo 6 meses, senão não pode.

      Abs

  52. Junior disse

    bom dia Trabalhei em uma empresa 1 ano e 6 meses e fui demitido logo em seguida fui contratado por outra empresa com carteira assinada, minha duvida é a seguinte como não estou me adaptando na empresa atual gostaria de saber se posso receber o seguro uma vez que não se passaram os 120 dias p/ dar entrada

  53. marcelo disse

    recebi só uma parcela do seguro,e agora vou trabahar de contrato pro estado, por 1 ano! será q posso receber as parcelas seguintes?

  54. carmen Lucia disse

    Foi fichada no dia 21/09/2009 e minha segunda parcela de seguro desemprego estava prevista para o proximo dia 05/10/2009, tenho direito a recebe -la?

Trackbacks