Techie

Bloquear Android Remotamente pelo Gerenciador de Dispositivo

Você sabia que agora é possível bloquear Android remotamente pelo Gerenciador de Dispositivo Android? É isso mesmo, o novo serviço do Google, muito parecido com o Find My iPhone da Apple, permite que os usuários de smartphone Android bloqueiem, toquem ou apaguem os dados do aparelho remotamente. Perfeito para quem perder o dispositivo ou se o mesmo for roubado.


Para bloquear o Android acesse:

http://www.android.com/devicemanager

Se não estiver logado no Google, faça login com a conta que usa no smartphone Android. O smartphone precisa estar ligado e conectado a uma rede wifi ou de celular. Agora clique na opção “Enviar uma notificação para o dispositivo” para ativar as opções de bloqueio e limpeza do dispositivo.

Bloquear Android Remotamente pelo Gerenciador de Dispositivo

Ative o Gerenciador de dispositivo no smartphone. Para isso clique em “Configurações”. Dentro de configurações entre em “Segurança” e, em seguida, “Administradores de dispositivo”.

Bloquear Android Remotamente pelo Gerenciador de Dispositivo 1 Bloquear Android Remotamente pelo Gerenciador de Dispositivo 2

Clique em cima de “Gerenciador de disp. Android” e clique em “Ativar”. Ativando essa opção será possível restaurar configuração de fábrica do aparelho remotamente (apagar tudo).

Bloquear Android Remotamente pelo Gerenciador de Dispositivo 3 Bloquear Android Remotamente pelo Gerenciador de Dispositivo 4

Outra opção que é preciso ativar é o “Acesso Local”, pois ele irá permitir localizar o dispositivo remotamente (ver a localização do smartphone no Google Maps). Para isso entre em “Configurações”, clique em “Google” e selecione “Configurações de local”. Clique em “Acesso Local” e marque o quadradinho “Local e pesquisa do Google”.

Depois de tudo ativado você poderá bloquear o Android remotamente, fazê-lo tocar e ainda apagar todos os dados gravados, bastando acessar o link indicado no início do post. É importante lembrar que a opção para apagar tudo é para ser usada em casos extremos como roubo do aparelho, quando não queremos que os ladrões tenham acesso às nossas informações.

De acordo com o Google o Gerenciador não coleta histórico de localização em segundo plano. A localização só é solicitada ao fazer login pela primeira vez e excluída quando a pessoa sai do Gerenciador.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Seja o primeiro a comentar!