Entretenimento

Como Afinar Guitarra e Violão Online


Nem todo mundo que toca guitarra e violão tem facilidade para afinar o instrumento, isso acontece para todos os instrumentos, várias pessoas não conseguem afiná-los de ouvidos. Pois saiba que seu instrumento não precisa ficar desafinado, é possível afinar guitarra e violão online. Confira agora alguns dos mais interessantes afinadores de instrumento na web que vão facilitar sua vida.

Afinar Guitarra e Violão Online

Afinador online

Assim que entrar no site ele vai solicitar permissão para acessar o microfone do computador, isso é feito para que ele possa escutar o som do instrumento e fazer a afinação do mesmo. É um afinador de violão, guitarra, cavaquinho, baixo, viola, violino, ukulele, banjo, bandolim e vários outros instrumentos de corda. Um site bem interessante e útil. Acesse entrando em http://www.afinadoronline.com.br.

Afinar Guitarra e Violão Online

Afinador do Cifra Club

Cifra Club é um site super conhecido no Brasil que traz as mais diversas cifras de músicas brasileiras e internacionais. Além das cifras eles também disponibilizam aulas e, claro, não poderia faltar o afinador online. Do mesmo jeito que o anterior,assim que entrar é preciso permitir o acesso dele ao microfone para poder captar o som do instrumento.

Teste o afinador do CifraClub acessando http://www.cifraclub.com.br/afinador.

Fender Guitar Turner

Afinador de guitarra da Fender, não é exatamente como os anteriores pois ele não capta o som do seu instrumento. Neste você escuta a nota e você mesmo tenta afinar as cordas de acordo com o que está escutando. É possível colocar em loop ou não e ainda escolher as escalas. Bem interessante, confira entrando em http://www2.fender.com/experience/online-guitar-tuner

Conhece mais algum afinador de guitarra e violão online de boa qualidade? Sua opinião é sempre bem vinda.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário