Techie

Como excluir conta do Microsoft To-Do


O Microsoft To-Do é um gereciador de tarefas da Microsoft que está disponível tanto para Windows quanto para Android e iOS. Nele você pode criar e gerenciar listas e tarefas, adicionar anotações, lembretes e tarefas agendas. Criou uma conta no To-Do que não está usando e não quer deixar os dados salvos? Veja como excluir conta do Microsoft To-Do e ter todos os dados apagados.

Como excluir conta do Microsoft To-Do

Infelizmente não existe possibilidade para excluir a conta do Microsoft To-Do permanentemente a não ser que você apague também sua conta Microsoft. Antigamente era possível remover a conexão do To-Do na conta Microsoft acessando https://account.live.com/consent/Manage. Mas esta conexão não aparece mais na lista.

Quem quiser excluir a conta Microsoft completamente é só acessar o link https://account.live.com/closeaccount.aspx. Lembrando que isto vai apagar sua conta do Outlook, OneDrive, Xbox, tudo que estiver conectado à Microsoft. Leia atentamente as informações. Clique em “Próximo”.

Como excluir conta do Microsoft To-Do

Como excluir conta do Microsoft To-Do

Leia as informações e selecione os quadradinhos conforme vai lendo, ele mostra tudo que será apagado. Selecione o motivo de estar excluindo a conta e clique em “Marcar a conta para encerramento”.

excluir conta da Microsoft permanentemente

Excluir conta da Microsoft permanentemente

Depois de 30 dias sua conta será apagada para sempre e não poderá ser recuperada.

A Microsoft comprou o Wunderlist em 2015 e provavelmente vai encerrá-lo em breve. É possível migrar os dados do Wunderlist para o To-Do rapidamente utilizando a ferramenta da Microsoft https://import.todo.microsoft.com/. Entre com sua conta do Wunderlist e permita acesso da Microsoft na sua conta Wunderlist. Depois é só marcar o que quiser importar e aguardar terminar.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!