Variedades

Nada demais ou nada de mais, junto ou separado?

Qual o correto nada demais ou nada de mais, junto ou separado? Nosso português é tão rico que de vez em quando aparecem algumas dúvidas sobre algumas palavras e locuções. Já falamos aqui sobre o Está esperando o que ou o quê, imóvel a venda ou à venda, Educação a distância ou à distância e outros. Hoje vamos falar sobre o demais e o de mais, os dois estão corretos? Quando usar cada um?


Nada demais ou nada de mais

No caso da frase abaixo:

Achou que não tinha feito nada de mais para ser banido.

Achou que não tinha feito nada demais para ser banido.

Neste caso o correto é o “de mais” separado. Isto por que o “de mais” nesta frase está expressando anormalidade, ‘que causa estranheza’.

“De mais” separado também funciona como locução adverbial que expressa maior quantidade, maior intensidade. É sinônimo de “a mais” e contrário de “de menos”. Alguns exemplos:

Colocou pimenta de mais na comida e estragou tudo.

Tinha gente de mais no metrô, não consegui entrar no vagão.

Imagem de um livro com escritos antigos, qual correto nada demais ou nada de mais

Nada demais ou nada de mais, junto ou separado?

O “de mais” também poderá funcionar sem unidade semântica, com “de” preposição e “mais” pronome indefinido. Neste caso é fácil entender:

Eles estão precisando de mais pessoas para ajudar na coleta de lixo.

Quando usar o “demais” junto

O “demais” tudo junto é advérbio de intensidade. Ele modifica adjetivos, verbos e advérbios. Alguns sinônimos são em exagero, excessivamente, em excesso, muito, demasia etc.

Ela comeu demais e não aguenta nem levantar.

Infelizmente é tarde demais para tentar alguma coisa.

Além disso o “demais” pode ser pronome indefinido sinônimo de “os restantes”, “os outros” e também pode substituir o advérbio “ademais” sinônimo de “além disso”, “além do mais”, “outrossim”. Alguns exemplos dos dois usos:

Os demais alunos não farão a prova. [os outros, restantes]

Nada impede que ele concorra com os demais candidatos. [os outros, restantes]

Pode fazer o que quiser; demais, ninguém se importa. [além disso]

Portanto sempre que escrever “nada de mais” escreva separado.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

1 Comentário