Variedades

Por que, porque, porquê ou por quê


Quando usar por que, porque, porquê ou por quê? Neste post vamos dar algumas dicas para lembrar quando usar os porquês nas frases. Maneiras para ajudar a assimilar os porquês.

Quando usar por que

Uso do “por que” separado e sem acento

Este “por que” sem acento e separado deve ser usado quando pode ser substituído por “por qual motivo”, “por qual razão”, “pelo qual” ou “pela qual”.

Alguns exemplos:

Por que você não foi na festa? [Por qual razão você não foi na festa?]

Não sei por que ela desistiu da prova. [Não sei por qual motivo ela desistiu da prova]

O amor é a única coisa por que vale a pena lutar. [O amor é a única coisa pela qual vale a pena lutar]

Uso do “porque” junto e sem acento

O “porque” junto e sem acento deve ser usado quando estiver explicando algo, em respostas e em algumas perguntas. Quando ele puder ser substituído por “pois”, “uma vez que”, “visto que” etc.

Exemplos:

Ela não foi na festa porque estava se sentindo mal. [Ela não foi na festa pois estava se sentindo mal]

Será que ela desistiu da prova porque não tinha quem a levasse? [Será que ela desistiu da prova pois não tinha quem a levasse?]

Ela precisou fazer vários testes porque os primeiros foram inconclusivos. [Ela precisou fazer vários testes, uma vez que os primeiros foram inconclusivos]

Uso do “por quê” separado e com acento

O “por quê” separado e com acento aparece antes de um ponto final, ponto interrogação ou ponto de exclamação. Também tem significado de por qual motivo, por qual razão.

Exemplos:

Por que vocês desistiram de lutar? Por quê???? [Por que vocês desistiram de lutar? Por qual motivo????]

Não sei por quê. [Não sei por qual razão.]

Eles não compareceram no enterro e não falaram por quê. [Eles não compareceram no enterro e não falaram por qual motivo.]

Quando usar por que
Quando usar por que

Uso do “porquê” junto e com acento

O “porquê” com acento e junto é substantivo, quase sempre vem acompanhado de artigo, pronome ou numeral. Admite plural e pode significar motivo, razão ou causa.

Exemplos:

Eles não sabiam o porquê de tanto drama. [Eles não sabiam o motivo de tanto drama.]

Quantos porquês existem?

Aquele que tem um porquê para viver, pode enfrentar quase todos os comos. [Aquele que tem um motivo para viver, pode enfrentar quase todos os comos.]

Resumindo

Para não esquecer:

  • Por que – por qual motivo, por qual razão, pelo qual, pela qual (em perguntas e respostas);
  • Porque – pois, uma vez que, visto que (explicações, respostas e algumas perguntas);
  • Por quê – por qual razão, por qual motivo (sempre antes de uma pausa, que pode ser ponto final, interrogação, exclamação)
  • Porquê – motivo, causa, razão (é um substantivo e quase sempre acompanhado de artigo, numeral ou pronome)

Aproveite para tirar outras dúvidas! Aerosol ou aerossol? Assistir o vídeo ou ao vídeo? Nada demais ou nada de mais?

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!