Como resolver carro clonado e recorrer de multa


Como resolver carro clonado? Está recebendo multas de lugares por onde nunca passou? Este é o principal indício de que seu carro foi clonado. Existem vários níveis de clonagem, desde mudança de uma letra na placa à clonagem completa com duplicação de documentos e numeração de chassis alterada por raspagem e remarcação. O que se deve fazer nestes casos? Como provar que os dados do seu carro foram roubados?

Como resolver carro clonado

A primeira coisa que você precisa fazer quando receber uma multa e ver que o carro foi clonado é procurar a delegacia de trânsito para fazer Boletim de Ocorrência (BO) noticiando a existência do veículo clonado. Também será preciso fazer um laudo pericial apresentando as características do veículo.

Em seguida compareça à Corregedoria Geral do Detran do seu Estado. Será preciso preencher o requerimento para abertura do processo e apresentar os documentos abaixo (original ou cópia autenticada em cartório):

  • Documento de identidade;
  • CPF;
  • Comprovante de residência;
  • CNH;
  • CRV ou CRLV;
  • Fotografias coloridas do veículo (dianteira, traseira, lado direito e lado esquerdo) com data revelada em papel fotográfico (10×15, colorido);
  • Registro de Ocorrência (BO) e laudo pericial lavrado pela autoridade policial competente, informando a existência do veículo clonado;
  • Anexar cópias das infrações que apresentem fotografia emitida pelos órgãos autuadores.

O processo será investigado pelo setor Anticlonagem e demora, mais ou menos, 30 dias, mas este tempo pode variar para mais ou para menos pois o Código de Trânsito Brasileiro não estabelece prazo para análise dos processos.

Em algumas Corregedorias do Detran é possível acompanhar o andamento do processo administrativo pela internet. Quando for recorrer da multa, pergunte se é possível acompanhar online e qual o site para você acessar.

Como resolver carro clonado e recorrer a multa
Como resolver carro clonado e recorrer a multa

Não existe outra maneira de denunciar carro clonado, a única indicada pelo Denatran é justamente essa, recorrer a multas que não tenham sido cometidas por você. Nem sempre multa errada quer dizer que o carro foi clonado, deve-se ter paciência para verificar pois pode ser erro na anotação da placa ou marca cometida pelo guarda municipal

Atenção! Apenas afirmar que não estava no local no momento da infração não adianta de nada, você precisa ter provas do ocorrido, senão o processo é arquivado.

Precisa pagar para solicitar troca da placa?

O serviço para instauração do processo administrativo para troca de placa veicular é isento de taxa. O proprietário normalmente deve arcar com os custos de fabricação das placas.

Mas a substituição da placa de identificação do carro só é feita mediante pagamento de todos débitos que tenha relacionados a ele, como IPVA, seguro e outros. As multas cometidas pelo carro dublê/clone não precisarão ser pagas por você, os pontos referentes à estas infrações serão removidos da sua CNH.

Portanto tenha muito cuidado ao comprar carro, principalmente carro usado! Verifique origem, cheque todos documentos legais antes de fechar o contrato. Quando a polícia apreende um carro clonado, ele nunca mais volta para o dono que comprou quando foi enganado. Depois dos processos, o carro é devolvido para os donos verdadeiros. Caso tenha comprado um carro clonado procure um advogado e entre com processo judicial contra o vendedor do veículo.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.