Variedades

Alimentos proibidos para animais de estimação

Muitas pessoas não sabem mas alguns alimentos podem ser tóxicos para animal de estimação. Se você ama seu pet é preciso saber o que pode e o que não pode dar para ele. Principalmente se costuma alimentar seu bichinho com comida ao invés de ração. Confira agora quais alimentos proibidos para animais de estimação. São alimentos que podem causar os mais variados tipos de problemas e colocarem em risco a saúde de cães, gatos e outros animais, levando ao densevolvimento de doenças crônicas e alguns até a morte.


Alimentos Proibidos para Animais de Estimação

– Abacate

A casca e folhas do abacate são proibidos pois podem causar vômito, diarréia e até a morte. Isto acontece por causa da persina, um derivado do ácido graxo. Esse ácido graxo é tóxico a aves, cavalos, porquinhos-da-índia, cachorros, caprinos e até coelhos.

A polpa do abacate é segura em pouca quantidade por causa da gordura da fruta. Apesar de ser gordura saudável ela engorda e faz sobrecarregar o pâncreas do animal.

– Açúcar e alimentos com açúcar

Assim como nos humanos, pode causar obesidade, cáries e diabetes. Evite.

– Alho e cebola

A cebola e alho são totalmente proibidos pois podem causar anemia gravíssima nos pets devido aos compostos sulfurados. O perigo é ainda maior para gatos. Além da anemia eles também podem causar dificuldade para respirar, vômito, diarréia, falta de apetite e óbito. Para ter uma idéia, a morte pode ocorrer se o animal ingerir uma quantidade de cebola superior a 0,5% do peso do animal.

Deve-se ter cuidado até com alimentos preparados com cebolas e alimentos industrializados com cebola na composição.

– Batata, Tomate, Beringela, Jiló e Pimentão

Esses vegetais da família das solanáceas contêm glicoalcalóides que pode causar tremores, convulsão e arritmias cardíacas. Elas são capazes de deprimir o sistema nervoso central do animal, sendo a batata inglesa a que contêm maior concentração da substância tóxica.

Caso queira dar batata para seu bichinho, lembre-se de cozinhá-la sem casca (tem que remover a casca!) na água em uma panela no fogão. Não pode cozinhar em microondas ou vapor, eles não removem a substânica tóxica. Mas o melhor é trocar a batata por outro legume que não possa causar mal ao seu pet.

Alimentos Proibidos para Animais de Estimação

Alimentos proibidos para animais de estimação

– Café e Chá

A cafeína possue alcalóides neurotóxicos que podem causar excitação do sistema nervoso, taquicardia, hipertensão, crises convulsivas e morte. Não dê nada com caféina para seu bichinho.

– Chocolate

O chocolate possui um alcalóide derivado do cacau que pode causar intoxicação grave junto com taquicardia, espasmos musculares, vômitos e diarréias. Isso acontece pois o fígado dos pets não consegue metabolizar essa substância e ela acaba ficando acumulada e ativa no organismo, atingindo concentrações tóxicas rapidamente. Os sintomas da intoxicação costumam aparecer de 6 a 12 horas após ingestão.

– Cogumelos

Cogumelos selvagens podem conter substâncias tóxicas que fazem mal até para humanos e podem levar nossos bichinhos à insuficiência renal e hepática, dor na barriga, vômito, diarréia, delírio, alucinação, convulsão e morte. Especialistas atestam que cogumelos que comemos na nossa comida são seguros para cães em quantidade moderada, mas têm que ser cogumelos cozidos sem tempero e não podem ser em conserva.

– Macadâmia, Nozes e Amendoim

A mais tóxica é a macadâmia que pode causar fraqueza, depressão, tremores, febre, dores na barriga e queda dos membros traseiros. Os sintomas costumam aparecer até 12 horas depois da ingestão e passam sozinhos depois de 12 a 48 horas.

Nozes, amendoim, amêndoas não apresentam a mesma toxicidade mas também devem ser evitados ou somente em quantidade muito pequena, pois são muito gordurosas.

– Sal

O sal é perigoso até para os humanos, é preciso tentar evitar ao máximo o sal na comida dos nossos animais. Em quantidade altas pode causar vômito, diarreia, depressão, tremores, febre, convulsão e até morte.

– Uvas e Passas

São extremamente perigosas para animais de estimação podendo causar insuficiência renal com sinais de vômito, diarreia, fraqueza, falta de apetite e prostração. Ainda não se sabe ao certo por que elas causam isso, mas já foram relatados diversos casos de morte de animais que ingeriram uva ou passas. Portanto o melhor é evitar.

– Xilitol

Adoçante usando em chicletes são perigosíssimos podendo causar aumento no açúcar sanguíneo, dificuldade para andar, crises convulsivas, vômito, fraqueza e morte.

– Carambola e Ruibarbo

A carambola e ruibaro também podem causar problemas nos rins dos pets, o melhor é evitar para não ocorrer depósito do ácido oxálico em forma de cristais ou cálculos. Os sintomas da toxicidade são salivação, inapetência, vômitos, diarreia, prostração, fraqueza, tremores, presença de sangue ou cristais na urina e alterações da sede.

– Massa crua de pão ou bolo

Massa crua de pão ou bolo contêm fermento que podem produzir gases e álcool no aparelho digestivo do animal. O que acaba causando dor e desconforto, pois o estômago fica distendido, podendo ocorrer rompimento das vísceras.

– Bebida Alcoólica

O álcool é extremamento tóxico para o animal. Sua absorção é mais rápida e elevada do que nos humanos, podendo causar alterações no fígado, pâncreas e rins. A intoxicação pode levar ao vômito, diarréia, letargia, tremores, convulsões, coma e morte.

– Ossos cozidos

Quando cozinhamos o osso estamos alterando a estrutura  molecular do colágeno dele e ao ser partido pode gerar fragmentos ou lascas que podem causar  perfuração gastrointestinal.

– Pimenta Malagueta

Assim como nos humanos, pode causar gastrite e até úlcera, portanto deve ser evitado.

– Semente de linhaça crua

Essas sementes contêm ácido erúcico, ácido tóxico para o animal. Evite.

– Sementes de Maçã e Pêra

Contêm pequena quantidade de ácido cianídrico que é liberado no estômago, esse ácido é venenoso.

OBS: Estes são alguns dos alimentos proibidos para animais de estimação.  É importante sempre entrar em contato com um veterinário para tirar suas dúvidas. Nunca dê comida para seu cachorro sem ter certeza que não fará mal a ele.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Seja o primeiro a comentar!