Variedades

Morte súbita de bebês

Muitas pessoas que têm filhos não sabem do risco da síndrome de morte súbita infantil (SMSI), também conhecida como síndrome da morte súbita do lactante (SMSL) ou morte do berço. Esta síndrome não é uma doença, mas sim um diagnóstico quando ocorre o óbito inesperado de bebês saudáveis com menos de 1 ano de vida. Só em 2015 foram mais de 19 mil mortes deste tipo, mesmo assim houve redução, pois em 1990 eram 22 mil mortes. Veja como reduzir o risco da morte súbita de bebês colocando para dormir corretamente no berço ou na cadeirinha.


Morte súbita de bebês

O que você deve fazer para evitar a SMSL:

Sempre coloque o bebê para dormir de barriga para cima, nunca coloque para dormir de bruços ou de lado.

Coloque o bebê deitado com os pés perto da parte debaixo do berço ou cadeirinha.

Deixe o bebê dormindo no berço ou moisés no seu quarto até, pelo menos, os 6 meses.

Evite cobrir o bebê, se possível não coloque cobertas até os 6 meses. Agasalhe de maneira que ele fique confortável (20ºC a 22ºC) sem esquentar demais! Verifique a temperatura na barriga ou pescoço, é normal que mãos e pés fiquem um pouco mais frios. Se for usar cobertas deixe na altura abaixo do ombro, nunca coloque na cabeça nem deixe cobertas soltas no berço.

Morte súbita de bebês

Morte súbita de bebês

Use colchão firme, plano e impermeável com lençois que tenham elástico.

Não fume durante a gravidez e não deixe pessoas fumarem perto do bebê. Esta morte súbita é mais comum em mães que fumavam ou em crianças que foram expostas ao cigarro. É importante lembrar que bebidas e drogas também agravam o problema.

Não durma na cama ou sofá com o bebê principalmente se tiver bebido, fumado ou usado drogas.

A morte súbita infantil é mais comum em bebês com menos de 6 meses e meninos, mas também acontece com meninas. 85% dos casos ocorrem em crianças que dormem de barriga para baixo ou que compartilham o leito. Colocar o bebê para dormir de barriga para baixo em colchões e travesseiros macios aumenta o risco de morte súbita em 20 vezes. Portanto é preciso tomar muito cuidado! Sempre leve o bebê ao pediatra para verificar seu estado de saúde.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

3 Comentários