Variedades

O que é seguro fiança para aluguel?

Se você precisa alugar um imóvel, provavelmente sabe que ao efetuar uma locação, deve dar uma garantia de pagamento para o proprietário do mesmo. Esta garantia é para segurar que o dono receba os valores devidos pelo inquilino sem maiores problemas.


Como garantia o locador pode escolher uma das seguintes formas:

– Fiador: Até um tempo atrás era uma das formas mais comuns de garantia. O fiador é aquela pessoa que assume os valores caso o locatário não faça o pagamento do aluguel. Para ser fiador é necessário ser proprietário de imóvel e renda compatível com o valor da locação.

– Título de Capitalização: O título de capitalização funciona como um título de crédito com um valor pré-definido pela imobiliária ou pelo locador. O locatário adquire um título e caso falte com as mensalidades, o locador recebe o valor do título. A grande vantagem é caso este não seja resgatado durante o contrato, o locatário recebe o valor de volta corrigido ao final do mesmo.

– Depósito Caução: Este tipo de garantia refere-se ao depósito de no máximo o valor de três alugueis em uma conta para ficar como garantia de pagamento caso o locatário não venha a quitar o valor mensal. É devolvido ao final do contrato corrigido.

– Seguro Fiança: É a opção que iremos descrever melhor abaixo.

O que é o seguro fiança para aluguel?

O que é seguro fiança para aluguel

O seguro fiança é também uma garantia para o locatário de recebimento do valor do aluguel. Aos poucos vem se tornando a opção mais comum entre proprietários e imobiliárias por ser menos burocrática para proprietários receberem o dinheiro devido.

Como funciona o seguro fiança?

O locatário deve pagar um valor (que pode ser anual ou então ter a duração do contrato) que garantirá ao inquilino o recebimento do aluguel e também a cobertura de pequenos danos causados ao imóvel. Este valor é calculado pela imobiliária e cobre o aluguel e demais taxas do imóvel.

Vantagens do seguro fiança:

– O inquilino não precisa passar pelo constrangimento de encontrar um fiador.
– O pagamento do seguro fiança pode ser parcelado.
– Dependendo do contrato do inquilino, poderá solicitar cobertura em serviços de pequenos reparos, dentre outros.
– O proprietário recebe o valor mais rápido, caso não haja pagamento do aluguel pelo inquilino.
– Muitas apólices também garantem a cobertura de pequenos danos ao proprietário.

Geralmente, o seguro fiança cobre além do aluguel, taxas como: IPTU, condomínio, água, gás, luz, pinturas, etc. O proprietário que sempre dita as condições de cobertura do seguro.

A grande desvantagem do seguro fiança:

O valor pago pelo locatário não é devolvido ao final do contrato.

Se você não possui um fiador para alugar um imóvel, o seguro fiança acaba sendo a melhor opção para garantir o seu imóvel. Várias seguradoras e bancos brasileiros trabalham com o produto. No Bradesco é possível até fazer simulação, mas lembre-se sempre de checar todos os dados do contrato e do seguro antes de fechar negócio.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Seja o primeiro a comentar!