Remédio caseiro para micose nas unhas

É possível fazer remédio caseiro para micose nas unhas? Esta é uma pergunta que muitas pessoas que sofrem com esta doença fazem assim que os primeiros sintomas aparecem. Neste post falaremos um pouco sobre a micose nas unhas, seus sintomas e trazemos algumas dicas de remédios caseiros que poderão ajudar em casos leves.


O que é a micose nas unhas?

A micose trata-se de uma infecção causada por fungos que podem aparecer nas unhas dos pés ou das mãos e caso não seja tratada, pode trazer consequências mais graves.

Qualquer pessoa está sujeita a “pegar” micose nas unhas ou na pele, sendo que algumas pessoas estão mais susceptíveis que outras, como pessoas com imunidade comprometida e crianças pequenas.

Geralmente são adquiridos em ambientes úmidos e quentes, como banheiros, chuveiros, vestiários ou outros locais públicos que estejam contaminados.

A micose nas unhas também pode ser transmitida de uma pessoa para outra quando estas compartilham lixas, alicates, tesouras de unha ou outros objetos que não sejam esterilizados antes de ser usado por uma outra pessoa. Por isso, é sempre aconselhável que ao frequentar manicures e pedicures, você leve os seus próprios acessórios e não os compartilhe.

Quais os sintomas de micose nas unhas?

Alguns dos sinais de algo pode estar errado com as suas unhas são os seguintes?

  • Unhas fracas ou quebradiças
  • Manchas brancas nas unhas (Veja outros significados de manchas nas unhas)
  • Unhas espessas
  • Descolamento da unha da pele
  • Unhas destorcidas, dentre outros
Remédio caseiro para micose
Ao primeiro sinal de micose nas unhas, deve-se iniciar o tratamento para evitar a proliferação dos fungos.

Remédio caseiro para micose nas unhas

O ideal é que quando você note os primeiros sintomas procure por um médico dermatologista para avaliar a lesão e proceder com o tratamento adequado.

Algumas pessoas fazem remédio caseiro para micose nas unhas, mas esses remédios precisam de estudos mais específicos para serem comprovados cientificamente como eficazes. Em alguns “tratamentos” especificados abaixo, conseguimos encontrar alguns estudos, mas nem sempre o estudo é especificamente para a micose nas unhas. Portanto, tenha certeza que deseja utilizar algum desses produtos antes de aplicar!! Faça por sua conta e risco. Caso os sintomas não desapareçam, procure orientação profissional.

Opção 1: Aplique óleo essencial de cravo ao menos três vezes por dia nas unhas. É possível encontrar o óleo de cravo em farmácias.

Opção 2: Faça uma mistura de óleo de rícino com gotas de limão e aplique nas unhas por até seis semanas. Deixe agir por cerca de 15 minutos e lave em seguida.

Opção 3: Faça uma mistura de alho muito bem batido com azeite de oliva e aplique nas unhas. Deixe agir por 20 minutos e lave muito bem em seguida. Apesar de não ter estudos específicos com os fungos da micose, alguns estudos mostraram que o alho é efetivo contra outros tipos de fungos. Mas não deixe o alho por muito tempo na pele, pois os compostos sulfúricos presentes no alho podem causar queimaduras.

Opção 4: Limpe a unha com água oxigenada e aplique Vick Vaporub nas unhas durante alguns dias. Estudos mostraram que este medicamentos teve efeitos positivos no tratamento de fungos nas unhas.

Opção 5: Faça uma solução com 500 ml de água fervente e 30 gramas de folhas de hortelã-pimenta. Deixe os pés de molho por cerca de 20 minutos e seque-os muito bem depois. Faça isso durante alguns dias.

Opção 6: Faça uma pasta com bicarbonato de sódio e água. Aplique nas unhas com o auxílio de um algodão. Deixe agir por alguns minutos e em seguida seque bem.

Opção 7: Alguns estudos demonstraram que o óleo de coco pode ser bom para tratamento de fungos nas unhas, pois poderia matar as células do fungo causando danos em suas membranas. O óleo de coco deve ser aplicado na pele três vezes por dia.

Opção 8: Não chega a ser um remédio caseiro para micose, mas o Vodol (vendido em farmácias) é bem eficiente para o tratamento de micose.

Como evitar o aparecimento de micoses?

Alguns cuidados simples podem evitar o aparecimento de micoses nas unhas e também na pele. Por exemplo:

– Secar-se bem após o banho: a umidade da pele pode se tornar o ambiente perfeito para o aparecimento de fungos. Lembre-se também de secar bem principalmente entre os dedos dos pés e das mãos.
– Evite usar calçados muito apertados por muito tempo. A falta de ventilação nos pés é propícia para o aparecimento de fungos.
– Não use suas meias por mais de uma vez.
– Evite tecidos sintéticos que não absorvem o suor. Opte por roupas de algodão que são mais favoráveis para a “respiração” da pele.
– Evite andar descalço em locais públicos e úmidos como vestiários, banheiros ou piscinas.
– Ao visitar manicure ou pedicure use sempre seus próprios alicates, tesouras ou lixas. Por mais que a profissional seja correta e esterilize os materiais, sempre existe o risco de infecções ou micoses.

Como mencionamos no início, não ignore os sintomas e procure sempre ajuda especializada para realizar o seu tratamento.


0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.